Sistematização da Assistência de Enfermagem uma Invenção Brasileira?

Corriqueiramente na prática, ensino e pesquisa tem-se o emprego da Sistematização da Assistência de Enfermagem como se referindo ao Processo de Enfermagem. Como no exemplo “aqui no hospital não temos a SAE”, isso implicaria dizer que, conforme definido pela resolução COFEN 358 de 2009, não teria organização do “trabalho profissional quanto ao método, pessoal e instrumentos, tornando possível a operacionalização do processo de enfermagem”, mas na verdade o que se quer dizer por traz disso seria “não temos implantado todas as fases do processo de enfermagem ou ainda não adotamos os sistemas de linguagem padronizadas – taxonomias”. A confusão conceitual sobre o que seria SAE, Processo de Enfermagem e Taxonomias, e quando cada uma será empregada, ainda causas dúvidas seminais em profissionais experientes, e ainda limitam o avanço da profissão na prática clínica.

LEIA EDITORIAL COMPLETO